Máscara PFF2 N95 serve para esporte? É reutilizável e lavável?

. | postado em 13/04/2021

13 Abril 2021 | Seção: Treinos | Categoria: Dica

   

O respirador é considerado um dos melhores acessórios de proteção contra a Covid-19, mas é adequado para a prática esportiva? Especialista responde e dá dicas

 

Um estudo recente do Laboratório de Performance Humana mostra que o uso de máscaras de tecido durante exercício físico não faz mal à saúde nem prejudica o desempenho, fazendo coro com três outros trabalhos, um americano, um canadense e um israelense. Mas mais recentemente tornaram-se mais costumeiras, no dia a dia, as máscaras N95 ou PFF2, na verdade respiradores utilizados anteriormente por profissionais da saúde, mas hoje popularizados por sua maior capacidade de filtragem e proteção contra o vírus da Covid-19. Mas será que elas são as ideais para a prática de exercícios físicos? A resposta do diretor médico do Laboratório de Performance Humana da Casa de Saúde São José, Fabrício Braga, é não. Durante a atividade física, o médico sugere usar máscara de tecido três camadas. Vamos entender o porquê e descobrir se a PFF2 ou N95 pode ser reutilizada ou lavada.

- A gente coloca coisa na cara para se proteger de ameaças no ar há muito tempo. O que diferencia desde um pedaço de pano até um respirador é a filtragem e as partículas que estão no ambiente. Os respiradores, como a n95 e a PFF2, são capazes de filtrar 95% da capacidade de partículas no ar. Por outro lado, a dificuldade de entrar e sair ar é a mesma? explicou.

 

PFF2 e N95 são reutilizáveis e laváveis?

Os respiradores PFF2 ou N95 têm uma eficiência maior contra o Covid-19 porque retêm mais partículas do ar e possuem um ajuste melhor no rosto. São a melhor opção contra o coronavírus. É importante explicar que são basicamente o mesmo tipo de máscara, e os nomes só diferem porque N95 é o padrão americano e PFF2, o brasileiro. O importante é que tenham o certificado do Inmetro e do MTE. E não devem ter válvula!

Todavia, elas só são recomendadas em ambientes fechados, com pouca ventilação e aglomeração de pessoas. Além disso, deve-se ter uma série de cuidados na sua utilização e no seu armazenamento. Isso acontece porque, assim como a máscara cirúrgica, produtos de limpeza interferem na camada de filtragem da máscara, e comprometem a proteção. Por isso, o ideal é:

 

* Não lavar a máscara PFF2 ou N95 nem passar qualquer produto de limpeza, como álcool;

* Deixá-la descansando em local arejado entre de três a sete dias após uso, antes de ser reutilizada;

Cada uma pode ser usada até cinco vezes, respeitando o intervalo de três a cinco dias entre um uso e outro, antes de ser descartada. Mas caso haja falhas na vedação ou se for usada em algum local com muita aglomeração e possibilidade de contaminação, como um ambiente hospitalar, deve ser descartada antes.

Nas redes sociais, perfis como o Qual Máscara? (@qualmascara) e PFF2 Para Todos (@pffparatodos), entre outros, explicam detalhes sobre a forma ideal de usar. Como nesse post abaixo:

Fiz um cartaz livremente copiado, digo, inspirado, no panfleto do @qualmascara, para entregar junto com as máscaras doadas. Esse fica melhor para imprimir em preto e branco. Tentei usar uma linguagem mais simples e textos mais curtos. #PFF2paraTodos pic.twitter.com/A7fiBjwtTz

- March 24, 2021

Ideal para o dia a dia, ruim para a atividade física

Braga afirma que os respiradores, mais eficientes na proteção do dia a dia, na hora do exercício físico podem dificultar a troca de ar, uma vez que você precisa ainda mais dele quando está fazendo algum exercício. Segundo o especialista, em um treinamento de força, quando você vai ventilar pouco, não faz mal usá-la, embora ela tenha a sensação térmica alta. Mas em um treinamento aeróbico, vai ser ruim.

- A gente inspira uma porcentagem média de 0,04% de gás carbônico (CO2), quando nossa respiração não está condicionada por esforço físico. Com o respirador (PFF2 ou N95), as pessoas precisariam inspirar uma quantidade muito maior. E quando você expira, você bota para fora cem vezes isso. Isso significa que uma parte que eu soprei, vai ficar preso por causa da máscara. Afinal, por que desmaiamos quando somos presos em espaços sem troca com o ar? Porque inalamos muito CO2 ? exemplifica.

O especialista recomenda que se tenha uma eficiência no ar que entra e no que sai para que a máscara seja segura na prática de exercício. E é por isso que as máscaras de TNT e de algodão já foram testadas e recomendadas.

Máscaras de pano: boas para o exercício

Braga lembra que ambientes de alta concentração viral irão exigir uma proteção maior, como os respiradores. Mas para as práticas de atividade física, o ideal ainda são as máscaras de pano.

Segundo o especialista, o desconforto causado por respiradores para prática de exercício parece estar ligado a três fatores: alteração do ciclo respiratório que, se comprometer o volume de ar respirado e o tempo expiratório, pode promover uma pequena retenção de CO2 em exercícios de altas intensidades; elevação da temperatura no interior da máscara; e aumento do estresse metabólico por provável aumento do trabalho respiratório.

- Nesse cenário de pandemia, o uso da máscara é essencial, mas podemos buscar modelos que reduzam esse desconforto causado, principalmente, pelo aumento da temperatura e da umidade no acessório. Sugerimos uma máscara (de tecido) de três camadas, na qual a divisão do meio seja filtrante, podendo ser de TNT ou outro material leve e comprovadamente eficaz na retenção de partículas. As camadas externa e interna devem ser de tecido hidrofóbico que permita boa passagem de ar e troca de calor, com objetivo de reduzir a umidificação da camada do meio (filtro) ? ensina.

 

Cuidado para o uso correto da máscara

A médica infectologista Sylvia Lemos Hinrichsen lembra que máscaras TNT e de algodão podem ser incômodas, mas já houve comprovação científica de que elas não causam dano à saúde. A especialista afirma que é importante que elas sejam trocadas quando estão úmidas, e devem cobrir adequadamente todas as brechas do rosto.

- Ainda assim, nem elas são 100% eficazes, e por isso ainda é recomendando que se mantenham as distâncias (para outras pessoas), mesmo durante a prática de exercícios físicos. Por fim, não esqueça de lavá-las sempre que forem utilizadas, e mantenham a higienização das mãos, pois as mãos também podem contaminar as máscaras? completa.

Fonte: Eu Atleta | https://www.fitestrong.com.br/secaodesktop/treinos/1224/mascara-pff2-n95-serve-para-esporte-e-reutilizavel-e-lavavel

Chame no WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Aceitar